5 Vilas medievais na Espanha para apreciar devagarzinho

0
313

O mais fascinante da Europa e no caso a Espanha é que alguns lugarzinhos parece que param no tempo. Não é por acaso que essas bandas é conhecida como o velho continente.

Aqui se pode ver os rastros da história por suas paisagens, seus monumentos e também por seus povoados. Lhe apresentamos as 5 Vilas medievais na Espanha para apreciar devagarzinho.

5Ronda(Andaluzia)

Ronda é uma cidade inserida dentro da Província de Málaga, Comunidade Autônoma de Andaluzia. Apesar de ser uma crescente cidade, Ronda mantém grande parte do seu encanto histórico, especialmente a sua cidade velha.

No coração da Serranía de Ronda, se encontra esse lindo pueblo blanco como é chamado, a uns 100 km da cidade de Málaga e com uma população de aproximadamente 35.000 habitantes.

Ronda é quase uma cidade suspensa no ar, esculpida nas rochas. Atravessada pelo rio Guadalevín, se situa num topo rochoso.

Com vistas de tirar o folego sobre el Tajo de Ronda, a Ponte Nuevo foi terminada em 1793 e demorou 42 aos para se construir, unindo a zona antiga de Ronda com a nova.

Sem soma de  dívida, é o monumento mais grande e famoso de Ronda.

4Besalú(Catalunha)

Ainda que habitualmente pensamos que o passado morre, na verdade ele está bem vivo e presente, e com ele, os seus tesouros bem guardados, no caso de Besalú: um dos destinos preferidos dos catalães para fazer aquele passeio de domingo.

Dica…

Estando na Espanha, não há mais desculpa para deixar de conhecer essa encantadora vila medieval, uma das melhores conservadas de toda Catalunha.

A primeira coisa que salta à vista é a sua ponte românica do século XII, que recebe a todos os visitantes como una autêntica entrada à idade média.

Não há fotografia de Besalú que se aprecie onde não apareça esta encantadora construção.

Outros elementos arquitetônicos de grande valor são o edifício da Curia Real, os banhos medievais da judiaria e a igreja de Santa Maria.

3Albarracín(Teruel)

Seria inconcebível fazer uma lista de vilas medievais da Espanha sem citar a Albarracín, um dos lugares más surpreendentes.

Já desde logo, o panorama desse município nos surpreende com uma muralha que não somente adentra o centro histórico como quem sai dela para encontrar-se sobre a colina que rodeia a cidade.

Essa localização, precisamente, se tornou num verdadeiro baluarte defensivo no que deixaram rastros tanto muçulmanos como cristãos.

Aliás, antes de percorrer seu reduto fortificado, vale a pena passear pelas suas vielas estreitas e aladeiradas. Parar para admirar  suas casas mais antigas, com sacadas de forja e madeira.

2Alquézar(Huesca)

Às margens do rio Vero se encontra essa vila em meio de una zona de parques naturais. Alquézar ou Al Qasr, deve seu nome ao castelo que foi construído para defender dos reinos cristãos.

É uma vila encantadora e pitoresca, conserva muito do espírito medieval que  ali permaneceu intacto durante séculos.

O entardecer é uma bela oportunidade de contemplar a luz que ressalta as suas construções avermelhadas.

É um convite se perder por sua vielas, certamente é um dos povoados mais bonitos da Espanha.

1Miravet(Catalunha)

Fonte: Norodoa

Finalizo a lista com as 5 Vilas Medievais na Espanha com um dos povoados mais bonitos da Espanha, Miravet com seu castelo de origem árabe e mais tarde propriedade da Ordem do Templo, esse castelo medieval, muito bem conservado, se destaca junto ao rio Ebro como um gigantesco guardião, como uma inexpugnável fortaleza de Miravet desde sua conquista em 1153.

Construído com uma excelente vista, o castelo medieval de Miravet é um dos melhores exemplos da arquitetura da Ordem dos Templários na Europa. Este edifício militar e religioso, de origem árabe. Foi inspirado no estilo defensivo dos castelos da Terra Santa, com paredes majestosas que se erguem sobre o rio Ebro.

A construção mostra que os Templários construíram o edifício em um tempo relativamente curto. No entanto, os restos de uma fortaleza andaluza são evidentes especialmente nas partes mais baixas do muro e em parte dos edifícios do recinto superior.