Como alugar uma casa na Espanha

0
568

Quando decidimos viver fora, um dos nossos maiores dilemas é saber onde vamos morar. São muitas incertezas, devido a falta de informação que temos. Nesse post quero tratar com você sobre isso. Como fazer para alugar uma casa na Espanha.

Alugar uma casa na Espanha, não é tarefa fácil e nem barato, principalmente para os recém-chegados. Na verdade já quero lhe adiantar, que é bastante provável que você terá que alugar um apartamento e não uma casa.

Casa mesmo, nas grandes cidades da Espanha, são caríssimas e há poucas ofertas. Na maioria das vezes o que irá encontrar serão apartamentos, que aqui são chamados de “pisos”.

Os apartamentos são muito mais acessíveis, mas isso não significa que seja fácil alugar. Uma série de coisas lhe será exigido para poder alugar uma casa.

Como faço para alugar uma casa na Espanhaalugar uma casa na Espanha

Antes de tudo, para você poder alugar uma casa na Espanha, o melhor mesmo é você já estar aqui. Isso evitará de você sofrer um golpe, depositando dinheiro em contas alheias e sem garantias concretas.

Se tiver alguém de sua confiança que more aqui e que possa lhe ajudar nessa busca, caso esteja ainda no Brasil, poderia ser de grande valia, mas nem sempre contamos com essa possibilidade.

A maioria dos apartamentos, já vem mobiliados. Então, não precisa se preocupar em ter que comprar móveis e eletrodomésticos. Muitos também já vem com os ítens para cozinhar como pratos, talheres, copos, xícaras e panelas.

Imobiliária

Como no Brasil, é o meio mais seguro para alugar um apê. Porém nem sempre o mais barato e menos burocrático. As exigências são muitas, o que para um recém chegado seria bastante difícil cumprir tudo o que se pede.

Para alugar uma casa na Espanha por uma imobiliária, de modo geral, você precisará de:

  • DNI ou NIE. Documentos que provam que você está legal no país.
  • Contrato de trabalho ou apresentar o seu extrato bancário. Tem que ser de algum banco da Espanha
  • 3 últimos holerites
  • 1 à 3 fianças. Valores que correspondem ao mês do aluguel. Esse dinheiro lhe será devolvido, caso entregue a casa do mesmo modo que a recebeu. Por exemplo: se alugar um apartamento por €600 euros e ter que pagar 3 fianças, terá que desembolsar €1.800 euros.
  • 1 aluguel adiantado referente ao mês que entrou
  • 1 comissão para a imobiliária que será do valor do aluguel. Esse dinheiro não é devolvido.
  • Contrato de no mínimo 6 meses, mas a maioria pede 1 ano.
  • Referência. Sim, algumas imobiliárias querem saber se você é um bom pagador.
  • Seguro do imóvel. Uma taxa extra que terá que pagar mensalmente.

Como pode notar, para poder alugar uma casa na Espanha, são muitas as exigências, mesmo para aqueles que já vivem aqui. Agora para quem acaba de chegar torna-se inviável.

Particular

Alugar diretamente com o proprietário, poderá ser mais fácil, mas tudo dependerá de cada dono. Há aqueles que querem ter todas as garantias de que você terá condições de honrar com o seu compromisso, mas há também outros, que devido as circunstâncias, poderá lhe pedir pouca coisa.

É claro que as pessoas preferencialmente sempre buscam pelos particulares, pois as imobiliárias costumam exigir tanto, que quase se torna “impossível” alugar com eles.

Mas vamos lá… um dono que tenha uma casa para alugar, de modo geral poderá lhe pedir:

  • DNI ou NIE ou Passaporte em vigor
  • Contrato de trabalho ou simplesmente saber se você trabalha regularmente.
  • Holerite ou provar que tenha como pagar, mas nem todos exigem.
  • 1 á 2 fianças. Lhe será devolvido quando entregar a casa nas mesmas condições que recebeu.
  • Aluguel adiantado do mês
  • Contrato mínimo de 1 ano
  • Referencia. Se o proprietário gostar de você logo de cara, nem lhe pedirá.

Preço para alugar uma casa na Espanhaalugar uma casa na Espanha

Como em qualquer cidade, o preço de um imóvel varia muito. Tudo dependerá, como por exemplo: a localização, o tamanho, a idade do imóvel, se é reformado ou não, o andar do apartamento; lembrando que muitos não tem elevador, apesar de serem no máximo 5 andares; se tem porteiro, piscina… enfim tudo é relativo, conforme cada lugar.

Vamos usar como exemplo a capital. Madrid, junto com Barcelona são os lugares mais caros que tem para morar na Espanha.

Assim que entrou o ano de 2017, os preços voltaram a subir relativamente.

Se busca pagar pouco, tem que procurar pela zona Sul de Madrid. A zona Norte da cidade, junto com a área central são os lugares mais caros.

Não recomendamos buscar por zonas extremamamente ao Sul, há bairros alí que são bastante perigosos para viver, com incidentes e assaltos além de ter as “ocupas” (pessoas que invadem apartamentos vazios) e que não são nada agradáveis.

Então vamos lá:

Um apartamento de 2 à 3 quartos, mobiliado, em bairros da região Sul com média de 5 à 8 quilômetros, podem sair entre €450 à 600 euros, apenas o aluguel bruto.

Com excessão da região de Lucero, que está à 4 quilometros da zona central, é bem possível encontrar por esses preços. É uma zona muito barata, mas com bastante imigrantes da América Latina. É conhecida como o bairro dos Brasileiros.

Um apartamento mobiliado de 2 à 3 quartos na zona Norte, varia entre €700 à 1.400 euros, apenas o aluguel bruto. Os bairros da zona Norte, são muitos bons. Tem a impressão que lá, recebe mais atenção das autoridades locais.

No centro de Madrid, terá a vantagem de estar perto de tudo, porém os apartamentos costumam ser velhos e caríssimos. Não vamos nem entrar na quantidade de quartos, pois isso não muda em nada os preços. Alí poderá pagar desde € 900 à 2.000 euros ou mais até. Se estiver disposto a pagar, terá todos os privilégios de estar perto de tudo.

Estúdio ou kitnet

Se pensa em alugar um estúdio ou uma kitnet, supondo que irá economizar por ser pequeno, sinto-lhe informar, os preços são praticamente os mesmos de um apartamento de 2 quartos. O preço varia dependendo da localidade e do estado do imóvel.

Alguns podem ser até mais caro. Isso porque tem muita procura por esse tipo de moradia. Portanto, nem sempre vale a pena.

Opção econômica de morar na Espanhaalugar uma casa na Espanha

Com toda certeza, a opção mais barata para quem não pode alugar uma casa na Espanha, é alugar um quarto numa casa compartilhada.

Mas o que significa isso?

Significa que terá o seu quarto só para você, mas terá que dividir o banheiro e a cozinha com outras pessoas.

Aqui os preços também podem variar dependendo da localização, de quantas pessoas vivem na casa, do estado da casa, do tamanho do seu quarto etc.

Em Média um quarto para um solteiro poderá sair entre €250 à 450 euros. Para um casal entre €300 à 480 euros. Porém esses preços geralmente já vem incluído os gastos de água, luz, gás e internet. É o que torna-os mais econômicos como opção de moradia.

Não existe contrato para esse tipo de moradia e nem tempo de permanência. O que pode existir é um acordo mútuo. Caso você ou o dono da casa não queiram mais viver juntos, tem que avisar de 15 à 30 dias antes de sair.

Para alugar um quarto, de um modo geral, você precisará de:

  • Fotocopia do seu DNI ou NIE ou Passaporte em vigor (muito nem pedem nada)
  • Aluguel do mês adiantado
  • 1 fiança. Caso pedir, melhor buscar outro.

Dicas

Melhor optar por quartos que já estão incluídos os gastos. Assim evitará que alguém faça você pagar a maior parte das contas.

Fuja de lugares que lhe peçam fiança. Pois esse tipo de moradia, tudo é combinado verbalmente. Ambas partes acertam as condições e se estiverem de acordo, fecha negócio.

A melhor época para buscar um quarto é a partir do dia 15 de cada mês. Isso acontece, porque é quando a maioria dos inquilinos dão o aviso para sair. Então os donos colocam novamente para alugar.alugar uma casa na Espanha

Lhe adianto que para viver numa casa compartilhada, você terá que ter muito jogo de cintura. Não é nada cômodo ter que dividir banheiro, esperar a cozinha ser desocupada quando se está com fome ou suportar certos costumes que não estamos habituados a passar… enfim uma série de coisas desagradáveis passam quando alugamos um quarto.

Acostume-se a ser vigiado o tempo todo e cuidado em não gastar demais. Muitos desses quartos, o dono também viverá ali na casa e será ele que colocará as regras.

Algo importante a dizer é que para homem solteiro, é bem mais difícil de encontrar um quarto.

Isso porque tem-se a idéia que homem é mais desorganizado e suja mais, além de, como trabalho para homens está mais difícil dependendo da área, supõe-se que passará mais tempo dentro de casa, gastando mais também.

Já para mulheres solteiras, há uma avalanche de ofertas de quartos disponíveis, todo mundo prefere alugar para elas. Para casais, há bastante ofertas, mas se o homem não estiver trabalhando, poderá não ser aceito na casa.

Super importante.

Quando visitar uma casa e gostar do quarto e das condições oferecidas, feche na hora com o dono. Pois se sair para pensar ou querer ver outras, correrá o risco de quando retornar, ainda que seja no mesmo dia, perder o quarto, caso seja alugado por outra pessoa.

E para garantir o quarto, terá que dar um sinal para o dono, um valor de €50 à 100 euros para que ele deixe o quarto para você. Caso se arrependa, normalmente o dinheiro não é devolvido.

A entrega da chave da casa, dependerá de cada dono. Alguns poderão lhe entregar, outros não. Mas não se preocupe. Se o dono fechou com você, fique tranquilo. O quarto é seu.

Onde buscar um apartamento ou quarto?

Esses são alguns dos sites mais conhecidos para alugar uma casa na Espanha ou um quarto.

Se optar por alugar um quarto, poderá encontrar também em Locutórios (algo parecido como uma Lan House), ou em pontos de ônibus com anúncios de particulares ou em comunidades e grupos de WhatsApp.


Espero ter lhe passado ótimas dicas e se gostou desse post, compartilha em suas redes sociais e deixe seu comentário aqui embaixo.