Sistema Público de Saúde na Espanha – como funciona

2
393

O  Sistema Público de Saúde na Espanha, é considerado um dos melhores dentre os países europeus. Criado para cobrir as necessidades dos seus cidadãos, sendo que 90% da população utiliza-o.

Todos os trabalhadores, seja por uma empresa ou que trabalhe por conta própria, tem que contribuir financeiramente com a Seguridade Social. É por meio dessa contribuição que todos tem acesso ao Sistema Público de Saúde na Espanha.

Quem trabalha por uma empresa, fica a cargo dela em pagar a Seguridade Social, porém quem é autônomo tem que arcar sozinho com a contribuição da saúde.

Se estiver desempregado, poderá também usar a Saúde Pública, desde que esteja cadastrado na Seguridade Social.

Ainda que o Sistema Público de Saúde na Espanha funcione bem, algumas pessoas por aqui prefere pagar paralelo um plano particular. Isso porque em caso de uma internação, o paciente consegue ficar em um quarto sozinho e o acompanhante recebe mais conforto para passar as noites no hospital.

Consultas e especialidades

Sistema Público de Saúde na EspanhaPara consultas simples, basta marcar pelo telefone ou se dirigir pessoalmente ao Posto de Saúde onde esteja registrado na prefeitura (empadronado). Você terá uma equipe médica que serão os que lhe atenderão.

Bastante diferente do Brasil, aqui você não precisa em hipótese alguma madrugar na fila do postinho para conseguir uma mera consulta. Eles ficam abertos das 8:00 ás 21:00 de Segunda à Sexta-Feira, podendo marcar a qualquer horário de funcionamento.

Dificilmente encontrará longas filas para marcar uma consulta, praticamente é só chegar e já será atendido.

As consultas saem no mesmo dia se quiser. Isso porque são mais de 20 médicos que atendem durante todo o dia. Sempre tem vagas disponíveis. Se o seu médico não puder lhe atender, eles lhe encaminharão para outro médico

Mas se você estiver passando mal, será atendido na hora.

Para consultar-se com um especialista, primeiro você terá que passar pelo médico da família. Ele irá avaliar o seu caso e poderá lhe enviar para consultar com um especialista. Essas consultas podem levar de 30 à 60 dias para sair, dependendo da área solicitada, até menos.

Caso passe mal à noite, fim de semana e feriado, ou se o seu caso for muito grave, poderá ir diretamente ao hospital mais próximo da sua casa.

Minha experiência com o Sistema Público de Saúde na Espanha

Sistema Público de Saúde na EspanhaUma vez aconteceu comigo, quando precisei marcar uma simples consulta. Era 15 horas da tarde, saí de casa e me dirigi ao posto de saúde que estava à 5 minutos de casa andando.

Chegando lá pedi uma consulta para dali 4 dias, porém logo me lembrei que não poderia, daí pedi se tinha para o dia seguinte, para a minha surpresa a atendente muito “gentil” me respondeu:

Moça, você pode marcar para quando quiser.

Outra vez, quando precisei de um Ginecologista, passei primeiro pelo médico da família. Saí do consultório com o pedido de encaminhamento, com a promessa de que entre 3 dias iriam me ligar para marcar a consulta. E não é que ligaram mesmo em 3 dias… nesse caso em menos de 2 semanas consegui a consulta.

Chegou o dia da minha consulta, esperei uns 30 minutos para ser atendida. Consultei e fiz o exame. Teria que voltar em 30 dias para saber se estava tudo bem. Passados os 30 dias voltei, pensando que iria ser atendida pela mesma médica, me levaram com outro médico, que verificou os meus exames e me deu o diagnóstico.

Exame de sangue aqui, tive a impressão que é bem menos traumático. Não dá nem tempo de você sentir medo. Tudo funciona muito rápido. Entrei na fila e em 5 minutos já tinha feito o exame. Nada daquelas borrachas amarelas e enfermeiras que faz toda cerimônia para tirar sangue.

Para as mulheres o exame de papanicolau, é feito a cada 3 anos como modo de prevenção. Mas se você precisar, poderá fazê-lo em menos tempo.

Áreas médicas que não inclui na Saúde Pública

Sistema Público de Saúde na EspanhaPara quem precisar de um Odontologista e um Oftalmologista, terá que buscar no Sistema Privado de Saúde.

No Sistema Público de Saúde na Espanha essas duas áreas não são ofertadas pelo governo.

Infelizmente tenho que dizer a você, a área da Odontologia é ruim e cara. Aqui quando precisamos de um dentista, buscamos pelos brasileiros ou pagamos um plano de saúde particular, que inclua atendimento odontológico.

Não tem muito por onde correr…

Procedimento para usar o Sistema Público de Saúde na Espanha

Para ter acesso ao Sistema Público de Saúde na Espanha, primeiro você tem que solicitar o cartão da saúde. Será por meio dele (la tarjeta sanitária) que conseguirá marcar as consultas e fazer exames.

Sistema Público de Saúde na Espanha
Cartão da Saúde de Madrid

Para solicitar o cartão, você deverá levar o seu documento, DNI ou NIE, o seu número da seguridade social e o padronamento (registro da prefeitura).

Em aproximadamente 2 semanas receberá o cartão da saúde em sua casa. Caso precise de um médico, antes de receber o cartão, poderá usar, basta apresentar o resguardo que lhe será entregue.

O que é estranho é que quando solicitamos pela primeira vez o cartão da saúde, temos que estar trabalhando registrado. Aqui se chama Darse de Alta en la Seguridad Social. Caso você fique sem trabalho no mês seguinte, poderá usar o Sistema Público, pois assim garante a lei.

Quem pode usar o Sistema Público de Saúde na Espanha

  •  Todo cidadão espanhol
  • Membro dos países da comunidade européia
  • Estrangeiros que estejam legalizados
  • Jovem até 18 anos, ainda que esteja em situação irregular
  • Mulheres grávidas em estado de parto e pós parto, mesmo que estejam em estado ilegal.

Imigrantes que estejam em situação irregular, só poderão usar o Sistema Público de Saúde na Espanha, em caso de emergência ou doenças graves. Mas isso apenas funciona em algumas regiões da Espanha, tal como: Aragón, Baleares, Cantabria, Valencia e Madrid.

Atualmente desde 2015, Em Canarias, o Sistema Público de Saúde funciona para todos. Ali o governo regional permite aos imigrantes ilegais a usarem, caso necessitem.

O objetivo foi melhorar o nível de saúde dos estrangeiros em situação irregular, porém tem que estar empadronados em Canarias com no mínimo 3 meses.

Recomendação do Morar na Espanha

O Morar na Espanha, em hipótese alguma incentiva as pessoas virem como turista para entrar na Espanha e depois ficarem em situação ilegal. Mas também não gostamos de destruir o sonho e as metas de ninguém.

Se a única maneira que encontrou de vir para a Espanha, foi como turista, recomendamos a você que ao chegar aqui faça um plano privado de saúde. Assim terá mais segurança, caso a doença bata na sua porta, não ficando desprotegido.

Existem excelentes empresas privadas, as mais conhecidas são: Adeslas, Sanitas e Asisa. Há bons preços, a partir de 35 euros é possível adquirir um plano de saúde privado. Poderá também incluir assistência dentária, caso queira. Nesses casos as operadoras até oferecem descontos que valem a pena.

Para fazer um plano de saúde privado, você vai precisar de:

  • Um documento de identidade (passaporte brasileiro)
  • A folha do padronamento
  • Uma conta de Banco, que pode ser de outra pessoa, se você não tiver ainda.

Faça isso o mais breve possível, enquanto tenha o visto de turista de 3 meses. Pode acontecer de alguma empresa negar a fazer um plano de saúde, quando já esteja ilegal.


Gostou do post? Se sim, compartilha em sua redes sociais e deixe um comentário.

  • dionis

    Olá
    Moro no Brasil e pretendo Passar 90 dias em Málaga. Sou Brasileiro e cidadão Português, possuo Cédula Única de identidade Portuguesa, então como cidadão Europeu, sem trabalhar, tenho direito à assistência de saúde? Grato.

  • Viviane Fumero

    Olá Dionis
    Muito Obrigada por deixar o seu comentário… Então vamos lá, respondendo a sua pergunta.
    Como cidadão europeu, você tem o direito desde que tenha O CARTÃO DE SAÚDE, no seu caso, de Portugal que te permite usar a saúde pública aqui na Espanha. Não é necessário estar trabalhando em algum país da União Européia, mas é imprescindível te-lo. Somente a cédula de identidade Portuguesa, não te dá o direito de usar a Saúde Publica. Caso você não tenha esse cartão, recomendo vir com um seguro de saúde como segurança para você.
    Espero ter respondido sua pergunta, abraço.