A Espanha Segundo os Brasileiros: Dinalva Viana

0
341

Hoje conheceremos a história de uma jovem mamãe de 33 anos, uma capixaba casada com Javier há 3 anos, um espanhol muy amable. Marcos o filhinho deles de apenas  6 meses muito fofinho e que nasceu na Espanha formam essa linda família. A família mora em Ciempozuelos próximo da cidade de Aranjuez, na província de Madrid. Em A Espanha Segundos os Brasileiros: Dinalva Viana.

 

 Por que você decidiu sair do Brasil?

Dinalva: Porque me casei com uma pessoa que trabalhava fora do Brasil,  afinal me divorciei,  mas decidi ficar.

Como surgiu a ideia de morar na Espanha?

Dinalva: Vivia antes em Portugal e queria conhecer outro país e aprender um outro idioma.

Foi difícil de aprender a falar espanhol? Quanto tempo levou?

Dinalva: Vivo aqui há mais de 7 anos e continuo aprendendo. Falar bem é super difícil, mas entender e se fazer entender não demora muito.

 A Espanha Segundo os Brasileiros: Dinalva Viana

Quando você chegou na Espanha, o que mais te chamou a atenção nos espanhóis?

Dinalva: A educação, não só no trato, mas se nota que eles leem muito mais que nós brasileiros como maioria.

Você sente diferença entre a comida brasileira e a espanhola? Acha que são muito diferentes?

Dinalva: Acho muito diferente,  a comida e a maneira de comer.

Como conseguiu o seu primeiro trabalho na Espanha e que tipo de dificuldade encontrou?

Dinalva: Comecei a participar de plateia de programas de televisão para ganhar algo de dinheiro,  e conheci pessoas,  fiz contatos, daí saiu meu primeiro trabalho. As dificuldades normais de um trabalho,  pois a patroa era brasileira.

Como conseguiu o seu primeiro lugar para morar?

Dinalva: Através de um conhecido que sabia de um quarto para alugar.

 Como você se legalizou?

Dinalva: Como vivia em Portugal antes, tenho documento português, que é comunitário.

 A Espanha Segundo os Brasileiros: Dinalva Viana
Javier e Dinalva

Como é ser casada com um espanhol? A diferença entre as culturas dificulta ou não a convivência?

Dinalva: A diferença entre cultura dentro do casamento dificulta só um pouquinho mais. Uma vez que eu conheço a cultura e a entendo não é tão complicado. Meu marido se adaptou também a minha cultura e vamos aprendendo juntos coisas diferentes. A dificuldade vem quando não estamos dispostos à aprender e viver de maneira diferente.

Como foi ter um filho longe da sua família do Brasil?

Dinalva: Foi difícil,  principalmente porque não foi possível que nenhum familiar viesse para estar comigo, me senti sozinha.

Durante o pré-natal, como foi o tratamento que recebeu da equipe médica?

Dinalva: O pré – natal é rigoroso, são muito atenciosos com a gestação e com o bebê. Fui muito bem atendida desde o princípio. Fiz vários exames de sangue, urina, umas 5 ultra-sonografias,  controle de diabetes,  tiroides,  alimentação, curso de parto e lactância. Minha médica me considerou grávida desde que me apresentei em consulta dizendo o resultado positivo do teste de farmácia. E pediu os exames e encaminhou para o especialista. Para o parto escolhi o hospital mais perto da minha nova morada,  e estava a médica obstetra e matronas ajudando.

 A Espanha Segundo os Brasileiros: Dinalva Viana
Família Reunida: Marcos, Javier e Dinalva

Na questão pessoal, o que mudou na sua vida com a vinda para a Espanha?

Dinalva: Aqui encontrei meu marido, tenho um filho,  uma família e mais estabilidade.

 Você gosta de viver aqui e está valendo a pena?

Dinalva: Gosto. Vivo muito bem aqui, tenho um bebê e mesmo só o meu marido trabalhando, tenho mais qualidade de vida aqui.

Na sua opinião, quais as diferenças entre Brasil e Espanha?

Dinalva: A inflação me chama muita atenção, tudo no Brasil é caro. A violência também faz a diferença, aqui é mais tranquilo.

 Você pensa em voltar a viver no Brasil?

Dinalva: Neste momento da minha vida, não penso mais em voltar a viver no Brasil.