Depois de um certo tempo morando na Europa, já vi muita gente viver ilegal e ainda hoje parece assunto proibido aos que cá vivem. Principalmente entre os indocumentados. Vou dar meu pitaco, exclusivamente aos que querem ou pretendem viver ilegal na Espanha.

Tenham em mente, que ao sair do Brasil estará vivendo fora do seu território. Isso incluirá toda parte de leis e burocracia que estará sujeito. E, o país de destino, não lhe pertence e digo mais, não terá no começo, qualquer direito a trabalhar e nem acesso aos serviços públicos.

Tendo entendido isso, parto para o princípio que todos têm o direito e o sonho de buscar as oportunidades onde quer que elas estejam. No entanto, tenham claro se viver ilegal é isso que você realmente quer e intensamente deseja. Se está disposto a passar por muitos perrengues no início e quem sabe até se legalizar, caso isso venha acontecer.

Deixar o país no qual é sua referência como indivíduo e partir para um outro, é um desafio e tanto e uma tarefa não muito confortável. Fora as dificuldades e os conflitos habituais que qualquer pessoa tem.

O novo é uma incógnita a enfrentar constantemente, somado a um sentimento que nos persegue sempre que as dúvidas e quando as coisas não vão bem: a saudade.

Sim, a saudade será sempre sua constante, menos para um e mais para outro. Porém será inevitável até o momento que as experiências, as privações e o desejo de ficar for provado. Aí esse sentimento de falta, será anestesiado, a ferida será estancada e até chegar um ponto de não mais senti-la. E se acaso resistir e não voltar antes mesmo de passar por tudo isso.

O que é necessário saber antes de chegar aqui

A Espanha é um país maravilhoso para morar e construir uma vida. Com uma qualidade de vida invejável, segurança e bem estar. Sol quase todo ano. Possui uma gastronomia rica e atrativa.

Um povo aberto e receptivo. Paisagens lindas, cidades e povoados deslumbrantes, com muita história. As estações aqui são bem definidas, se consegue acompanhar, ver e sentir a passagem de cada uma delas.

Aqui você encontrará um país que possui quase todo tipo de clima e vegetação: é aventureiro e aprecia estar em contato com a natureza? Tem montanhas, parques e lagos. Gosta de neve? Há vários lugares para esquiar. Prefere o calor? Aqui tem algumas das melhores praias, resorts e ilhas do Mediterrâneo.

No entanto, para um imigrante ilegal isso pode ser uma realidade distante, limitada e pouco acessível no início. Quanto mais em tempos que se fala tanto de crise: tanto financeira, humanitária e emigratória.

Um imigrante ilegal é quase um indivíduo invisível para as autoridades e órgãos do governo, sem direitos e com ou nenhum recurso. Estar ilegal é como estar às margens, privado de liberdade que um estrangeiro legalizado tem.

O direito de ir, vir e transitar livremente é limitado pela consciência e pela discrição, porque na verdade ninguém sendo ilegal, se sente confortável nessa condição. E além do mais, sempre estará na dependência de terceiros.

Analise os riscos, as dificuldades e vê se compensa

Viver Ilegal na Espanha
Aeroporto de Barajas

Os riscos serão muitos, como ser rechaçado na entrada, mesmo que o Brasil tenha acordos diplomáticos e os brasileiros não precise de visto antecipado. Cabe as autoridades, aceitar ou recusar sua entrada.

Então, certifique os procedimentos para entrar na Espanha, se vier como turista, em via geral, todos que querem emigrar de forma ilegal-não resta outra alternativa-, entram como turista.

Ser deportado, mesmo depois que já tenha entrado. Ainda que hoje a fiscalização não ser tão rigorosa como antigamente. Mesmo não tendo mais batidas nas entradas de metrô-até onde eu saiba aqui em Madrid não se vê-, em busca de imigrante ilegal. Tenha certeza que cedo ou mais tarde o risco de ser pego ainda é razoavelmente possível e de receber uma carta de expulsão.

As dificuldades de viver ilegal na Espanha serão muitas. Entretanto cada caso é um caso. Se vier sendo homem solteiro, tenha consciência que para homens, as limitações serão muitas. Principalmente para aqueles que não tem nenhum ofício, não trabalham com nada referente à construção civil ou com mecânica.

Tenha um planejamento financeiro

Tenha um planejamento financeiro para no mínimo 6 meses ou de 1 ano. Não caia na tentação de vir  viver ilegal na Espanha sem dinheiro, contando com ajuda de alguém. Porque morando fora você aprenderá que, aqui  é onde “a criança chora e mãe não vê.”

Venha com carteira de habilitação e esteja sempre disposto, porque o não você já o tem. Verá que viver ilegal na Espanha, cada um terá uma história, experiência e dificuldades diferentes dentro de uma mesma realidade que é estar ilegal.

A mulher é um caso à parte aqui na Espanha, sem generalizar, sendo mulher ainda consegue trabalhar como “empleada de hogar,” o que chamamos de domésticas e como “canguro,” babás.

Tanto o homem quanto a mulher que conseguirem passar da fase mais de difícil que é chegar, conseguir um trabalho e alugar seja ele um quarto, um estúdio ou um apê. A adaptação será uma consequência ou não. Tenha certeza, no início é assim e não espere muito mais do que isso e caso isso acontecer, agradeça.

Viver ilegal na Espanha: Há possibilidades de se legalizar

 Viver Ilegal na Espanha

A Espanha é um dos poucos países que conheço junto com Portugal, que exite uma lei que permite um imigrante ilegal se legalizar. Se pesquisar um pouco, verá que em outros lugares da Europa, a chance de um ilegal se legalizar é muito pequena. Salvo em caso de casar com um nativo ou casar com um brasileiro que tenha dupla cidadania européia.

A legalização consiste em uma autorização para viver na Espanha definida como “Circunstâncias Excepcionais”. Será concedida para os estrangeiros que já estão no país (em situação irregular) ou que tenham vínculos com Espanha no mínimo 3 anos.

Quero ressaltar que ao escrever esse post, não quero que entenda que eu esteja incentivando você a vir viver ilegal na Espanha. Ou em qualquer outro lugar, mas quero que quando estiver lendo esse artículo, que esclareça qual é a real.

Viver fora não é bom ou ruim, porque isso é uma coisa muito relativa e depende de cada situação e de cada pessoa. Mas viver ilegal poderá sim, ser uma coisa particularmente complicada e desafiadora.

Se vier e se essa é a única circunstância e condição que encontrou. Então venha para buscar seu lugar e as oportunidades que não teve no Brasil. Não venha para fazer besteiras e atrapalhadas em terras estrangeiras.

Venha para vencer e desfrutar de uma país encantador, custe o que custar: tenha objetivos, metas e foco.


Se você gostou desse post, compartilha em suas redes sociais e deixe o seu comentário ou suas dúvidas.

  • Neide

    Eu ja vivi ilegal na Espanha alguns anos atras, não é nada agradável, muitas vezes tive que engolir certas coisas calada. Hoje, graças a lei de memória historica, tenho minha nacionalidade espanhola. Mas mesmo assim as dificuldades não terminam. Viver fora sempre é um desafio enorme.

  • Leopoldo

    Muito bom

    • Elvis

      Que legal que gostou